Meu Bebê Não Para de Chorar, O Que Pode Ser?

Os bebês são fofos e trazem muita alegria ao lar, mas quando algo não está bem o chororô é certo. Afinal, é através do choro que ele “fala”. O choro é o principal meio de comunicação dos bebês, e pode indicar diversas necessidades ou desconfortos.

Principalmente nas primeiras semanas, os pais ficam sem saber ao certo o que cada choro indica e o que fazer. Por isso, criamos uma lista com os 10 motivos pelos quais os bebês choram e o que fazer para minimizar o incômodo ou dor que ele esteja sentindo.

Com o tempo, os pais acabam aprendendo e começam a reconhecer os padrões e comportamentos do bebê, e fica cada vez mais fácil identificar o motivo pelo qual o bebê está chorando.

Vídeo do Canal Manual do Recém-Nascido

10 Motivos do Choro de um Bebê

1 – Cólica

A cólica é muito comum em bebês, principalmente nas primeiras semanas de vida, causando muita dor e desconforto, logo o choro é na mesma medida. E todo pai e/ou mãe devem aprender a reconhecer os sinais de cólica para agir o quanto antes e ajudar a aliviar o sofrimento do bebê, o deixando confortável e seguro.

Para identificar se esse choro indica cólica, você deve levar em conta, além do choro intenso, incontrolável e que duram por longos períodos de tempo, alguns outros sinais, como: agitação, vermelhidão no rosto ao chorar, encolhimento das pernas em direção ao abdômen, mudança repentina no comportamento (começar a chorar logo após mamada, mudança no horário do sono e etc).

Bolsa Térmica Bebê sem Cólica com Cinta Nuvem Azul
  • Com cinta para prender no Bebê
  • Tecido 100% algodão (anti alérgico)
  • Podem ser aquecidas no microondas
  • Com sementes de linhaça e camomila
  • Para aliviar as cólicas do bebê

* Links afiliados / Imagens API de publicidade da Amazon

O que fazer para aliviar a dor e o incômodo da cólica no bebê?

Assim que identificar que seu bebê está sofrendo com cólicas, você pode tomar algumas medidas para aliviar a dor e o desconforto:

  1. Faça uma compressa com uma bolsa de água quente ou uma fralda aquecida, colocando-a na barriga do bebê. Tenha cuidado com a temperatura. A pele do bebê é sensível, por isso, use uma fralda para evitar o contato direto com a pele. O calor vai ajudar a relaxar os músculos e aliviar a dor.
  2. Faça massagens, em movimentos circulares no sentido horário, na barriga do bebê. Isso irá ajudar o trânsito intestinal e aliviar a dor e o desconforto.
  3. Carregue o bebê e ande com ele pela casa, ninando-o com delicadeza. Esse movimento pode ajudar a aliviar a dor, fazendo o bebê se sentir mais confortável.
  4. Ofereça a chupeta, o movimento de sucção pode ajudar a aliviar o desconforto.
  5. Observe a alimentação do bebê, experimentando diferentes tipos de fórmula, até encontra alguma que ele se adapte. Caso o bebê ainda esteja sendo amamentado, é ideal que a mãe mude a dieta e evite alimentos picantes, chocolates ou cafeína.
  6. Solicite ao pediatra que prescreva um medicamento para aliviar a dor e o desconforto da cólica em bebês e o tenha sempre por perto.
  7. Deixe o ambiente mais confortável, reduzindo o excesso de estímulo: diminua os ruídos, a luz, verifique a temperatura do ambiente. Deixe o bebê o mais confortável possível. O excesso de estímulo pode causar ainda mais desconforto.

Observação: Se a cólica persistir consulte o pediatra.

2 – Fome

O bebê também usa o choro intenso e persistente para indicar que está precisando se alimentar. E para identificar se o choro do seu bebê é devido à fome, você deve primeiro estar atenta ao horário da alimentação.

É provável que ao se aproximar do hora que ele costuma comer todos os dias, ele chore. Mas, além disso, você poderá observar que o bebê que chora por fome também costuma colocar as mãos na boca, como sinal de procura por algo para comer, chupando as mãos ou algum objeto, procurando o peito.

Outro sinal que seu bebê está com fome é quando a língua dele fica se movendo em sua boca ou se ele está lambendo os lábios.

Caso você identifique que o choro é por conta da fome, basta alimentá-lo de acordo a idade e as orientações do pediatra.

Kit de Mamadeira Primeiros Passos 50/150/240ml Neutro Lillo
  • – Mamadeira 50ml (De 0 à 3 meses): possui bico em silicone, com furo pequeno para que o fluxo dos líquidos seja lento. – Mamadeira 150ml (De 0 à 6 meses): possui bico em…

* Links afiliados / Imagens API de publicidade da Amazon

3 – Sensibilidade alimentar

Determinar se o choro do seu bebê é causado pela sensibilidade alimentar pode ser um pouco mais difícil. Entretanto, sempre esteja atento ao comportamento do bebê logo após a alimentação. Principalmente se ele chora após cada mamada ou refeição.

Verifique também se o bebê apresenta algum problema gastrointestinal como: diarreia, constipação, inchaço, gases, refluxo ou vômitos.

Outros sinais de sensibilidade alimentar são erupções cutâneas persistente ou inquietação logo após alimentação e dificuldades para dormir.

Caso você suspeite que seu bebê esteja chorando devido a uma sensibilidade alimentar, deverá leva-lo ao pediatra. O médico irá ajudar a determinar a causa do choro, prescreverá a medicação e recomendará as mudanças na alimentação, caso necessário.

4 – Sono

O choro também pode indicar que o bebê está cansado e precisa dormir. Para saber se o choro indica isso mesmo, você só vai precisar observar se seu bebê apresenta sinais de fadiga, se está esfregando os olhos ou bocejando, se começou a chorar sem motivos aparentes, se está irritado ou impaciente ou está próximo ao horário que ele costuma dormir.

Outro sinal de que o choro indica sono é caso o bebê tenha tido dificuldade para dormir a noite, acordando várias vezes e por isso está com sono insuficiente e precisa dormir.

Caso você reconheça esses sinais de sono, basta colocá-lo para dormir. Mas, o ideal é estabelecer uma rotina de sono regular e confortável para ele, com horários de sono consistentes.

Johnson’s Baby Óleo Hidratante Relaxante Hora Do Sono – 200ml
  • Com tripla proteção
  • Fabricante johnson’s
  • Cor transparente
  • Fabricado com o maior cuidado e atenção para os detalhes

* Links afiliados / Imagens API de publicidade da Amazon

Por que o bebê simplesmente não dorme quando está com sono?

O bebê ainda está aprendendo sobre tudo, incluindo que o mal-estar e a sonolência são facilmente resolvidos se ele simplesmente dormir. Mas, para o bebê, essa fase que antecede ao sono gera desconforto e como tudo, ele irá informar ao mundo, esse desconforto, através do choro.

Entretanto, existem outras razões pelas quais um bebê pode ter dificuldade em dormir, mesmo quando está com sono, como: fome, cólica, refluxos, estímulos excessivos, falta de rotina, entre outros.

Por isso, estabeleça um rotina consistente para seu bebê e inclua a higiene do sono, diminuindo os estímulos sensoriais próximo ao horário de dormir, reduzindo os ruídos e a luz, alimentando-o adequadamente, preparando um ambiente confortável no qual ele se sinta seguro.

À medida que o bebê cresce, ele pode começar a experimentar ansiedade de separação, o que pode tornar mais difícil para ele adormecer sozinho. Por isso, tente segurar o bebê, cantar ou fornecer algum outro tipo de conforto para ajudá-lo a adormecer com mais tranquilidade.

5 – Dentes nascendo

O nascimentos dos dentes causam dor e muito desconforto, por isso, os bebês choram.

Se o seu bebê não para de chorar, fique atenta a alguns sinais que podem indicar que a erupção dentária é a causa, como o aumento da salivação, a procura constante por morder ou chupar brinquedos, objetos e inclusive a própria mão e certa dificuldade para comer, sempre dando preferência por alimentos mais frios.

Fisher-Price Baby Mordedor para Bebês Lontra Girar e Morder
  • Mordedor com tema de lontra e anéis flexíveis criados para que as mãos pequenas possam segurá-los e girá-los
  • Anéis mordedores texturizados livres de BPA, com peixe e estrelas para brincadeiras de morder
  • Segure e balance a lontra para ouvir divertidos sons de chocalho
  • Cauda de tecido macio para mais diversão sensorial
  • Ajuda a fortalecer a coordenação motora fina e a estimular os sentidos em desenvolvimento de bebês a partir de 3 meses

* Links afiliados / Imagens API de publicidade da Amazon

O que fazer para amenizar a dor e incômodo do nascimento dos dentes do bebê?

Caso você note os sinais citados acima, poderá fazer algumas coisas que irão ajudar a aliviar a dor e o desconforto do bebê, como massagear as gengivas com um dedo limpo, dar ao bebê objetos seguros para morder, oferecer alimentos frios, usar medicamentos recomendados pelo pediatra e oferecer muito amor e conforto ao bebê

É importante lembrar que o surgimento da dentição é uma fase normal do desenvolvimento do bebê e, embora possa ser desconfortável, é uma parte natural do crescimento. Com paciência e cuidado amoroso, você pode ajudar a aliviar o desconforto do seu bebê enquanto ele passa por essa fase.

Leia Também: Melhores Mordedores Infantis para Aliviar o Desconforto dos Primeiros Dentes do seu Bebê

6 – Refluxo

O refluxo gastroesofágico pode causar muita irritação e desconforto. Para saber se essa é a causa do choro do seu bebê, você deve observar se esse choro é após as mamadas (refeições) ou quando ele é colocado para deitar. Observe também se o bebê vem arrotando com freqüência, se apresenta dificuldades para dormir e no ganho de peso.

Outro aspecto que você deve estar atento é em relação a regurgitação excessiva, tosse e engasgo, enquanto estão mamando ou depois de mama, pois esses também são sinais que o choro pode indicar refluxo.

travesseiro anti refluxo p/berco branco
  • O travesseiro Antirrefluxo de Bebê é ideal para proteger as crianças durante o sono, ajuda a prevenir o refluxo, evita a tosse e proporciona um sono mais tranquilo e…
  • Facilita a digestão do bebe, evitando o refluxo
  • Revestimento 100% algodão, espuma de poliuretano
  • Melhora a respiração em casos de obstrução nasal

* Links afiliados / Imagens API de publicidade da Amazon

Como diminuir o desconforto causado pelo refluxo em bebês?

Assim como nos adultos, o tratamento do refluxo em bebês pode envolver uma combinação de mudanças no estilo de vida, dieta e medicamentos prescritos pelo médico.

Você também pode ajudar a reduzir o refluxo mantendo o bebê em uma posição mais elevada durante a alimentação e por pelo menos 30 minutos após a mamada e elevando a cabeceira do berço, evitando coloca-lo de barriga pra baixo.

Caso você suspeite que o choro do seu bebê está relacionado ao refluxo, a melhor coisa a fazer é leva-lo ao pediatra para realizar exames e avaliar a situação, indicando o tratamento adequado.

7 – Fralda suja

Quando a fralda está suja ou molhada, o bebê se sente incomodado e por isso, chora. Esse é um dos motivos mais fáceis de identificar, basta checar a fralda do bebê e ver se ela precisa ser trocada.

Para resolver esse problema, basta trocar a fralda suja por uma limpa.

A medida que vá passando o tempo, você aprenderá a reconhecer os padrões e comportamentos do bebê, sua rotina ficará bem mais estabelecida e será mais fácil identificar quando ele está com a fralda suja, sem nem mesmo precisar olhar.

* Links afiliados / Imagens API de publicidade da Amazon

8 – Necessidade de carinho e atenção

Se seu bebê apresenta choro inconsolável mesmo após ter suas necessidades de alimentação, sono, fralda trocada, pode ser um sinal que ele está precisando de contato físico, aconchego e atenção.

Essa necessidade de carinho e atenção fica mais evidente quando o bebê chora por um curto período de tempo e depois para, mas começa a chorar novamente quando você se afasta, além desse choro ser mais agudo ou mais urgente.

Como amenizar o sofrimento do bebê que chora por necessidade de carinho e atenção?

Para aplacar essa necessidade de carinho a atenção do seu bebê, você deve deixa-lo o mais seguro e confortável possível, segurando no colo e fazendo carinho. Tembém pode falar com seu bebê em um tom calmo e reconfortante, cantar e etc.

Estabeleça rotinas e rituais diários, incluindo brincadeiras para interagir com o bebê. O importante é passar segurança e conforto, que ele entenda que você o ama e sempre está por perto.

Desconto HOJE: 23%Mais Vendido nº 1
Naninha Leazinho, Buba, Marrom
Naninha Leazinho, Buba, Marrom
Ideal para embalar o soninho do bebê; Pelúcia macia; Sensação de aconchego e tranquilidade
Desconto HOJE: 11%Mais Vendido nº 2
Naninha Girafinha, Buba, Marrom
Naninha Girafinha, Buba, Marrom
Ideal para embalar o soninho do bebê; Pelúcia macia; Sensação de aconchego e tranquilidade
Mais Vendido nº 3
Zip Blanket Atoalhado Listrado Baby Azul Bebê
Zip Blanket Atoalhado Listrado Baby Azul Bebê
Gera Vinculo Afetivo; Toque Suave; Desingner Moderno; Seguro; Feito no Brasil
Desconto HOJE: 20%Mais Vendido nº 4
Buba Naninha Algodão Doce Rosa
Buba Naninha Algodão Doce Rosa
pelúcia macia; Cor: Rosa; Tamanho: 0; Material do produto: Poliéster
Desconto HOJE: 56%Mais Vendido nº 5
Naninha! COELHINHO explorador, O
Naninha! COELHINHO explorador, O
BRIJBASI ART PRESS LTD (Author); 6 Pages – 05/01/2019 (Publication Date) – Happy Books (Publisher)

* Links afiliados / Imagens API de publicidade da Amazon

9 – Estresse ou ansiedade

O bebê também pode chorar caso esteja se sentindo estressado ou ansioso, especialmente se o ambiente estiver barulhento ou agitado.

Se o seu bebê estiver inquieto, com dificuldade para dormir, acorda com frequência durante a noite, perdeu o apetite ou recusa-se a amamentação, começa a chorar de repente e esse choro parece mais agudo e urgente e fica com olhar fixo em um objeto ou ponto, pode ser um sinal de estresse ou ansiedade.

As causas do estresse e da ansiedade em bebês podem ser as mais diversas possíveis, como mudanças na rotina, excesso de estímulos sensoriais ou problemas de saúde.

Caso você suspeite que seu bebê está chorando por estresse ou ansiedade, faça um retrospectiva em relação as mudanças que você tenha feito nos último dias e converse com o médico. Juntos, vocês poderão identificar a causa subjacente e saber o que fazer para ajudar seu bebê a lidar com essas emoções.

Móbile Berço Bebê Musical E Giratório Animais Da Floresta
Entreter o bebê, estimulando o desenvolvimento cognitivo, aliviar o estresse, além de decorar o quarto, deixando o ambiente ainda mais bonito.

* Links afiliados / Imagens API de publicidade da Amazon

Como aliviar o estresse e a ansiedade do bebê?

Para aliviar o estresse e a ansiedade do bebê você deve estabelecer uma rotina consistente e oferecer conforto e segurança, estando próximo o máximo possível e manter o contato físico e conexão com o bebê: carregar, abraçar, cantar, conversar, interagir.

Reduzir os estímulos sensoriais também ajuda na hora de deixar o bebê mais calmo e confortável, assim como proporcionar banhos relaxantes, massagens e diminuir os barulhos.

Fique de olho nos sinais que possam indicar que o bebê está estressado e em casos mais graves, procure a ajuda profissional. O pediatra pode orientar sobre opções de tratamento, como terapia ocupacional ou fisioterapia, que podem ajudar a aliviar o estresse e a ansiedade do bebê.

10 – Doença

O choro do bebê também pode estar relacionado a algumas doenças, como infecções de ouvido ou garganta, pois elas causam desconforto e dor no bebê.

Nem sempre é fácil saber se o bebê está chorando por causa de alguma doença, pois os sinais e sintomas podem variar de acordo com a doença em questão. Para identificar se o seu bebê está chorando por conta de alguma doença é necessário observar se esse choro é intenso e contínuo, se a criança está dormindo menos do que o habitual, demonstrando alterações no padrão de sono, se apresenta dificuldade para se alimentar, febre alterações na pele ou nos olhos.

Se você notar qualquer um desses sinais, é importante levar o bebê ao médico para avaliação e exame físico completo. Só assim o médico poderá determinar se a causa do choro do bebê tem a ver com alguma doença e diagnostica-la para prescrição do tratamento.