O Que é Riscos do Tabagismo Durante a Gravidez

O tabagismo durante a gravidez pode trazer diversos riscos para a saúde da mãe e do bebê. Quando uma mulher grávida fuma, ela inala substâncias tóxicas que podem afetar o desenvolvimento do feto.

Um dos principais problemas do tabagismo durante a gestação é o baixo peso do bebê ao nascer. Isso acontece porque as substâncias presentes no cigarro prejudicam a circulação sanguínea, dificultando a chegada de nutrientes e oxigênio ao feto. Com isso, o bebê pode não se desenvolver adequadamente e nascer com peso abaixo do esperado.

Da mesma maneira, o tabagismo durante a gravidez aumenta o risco de complicações no parto, como o descolamento prematuro de placenta e o parto prematuro. O cigarro também pode causar malformações no feto, como lábio leporino e fenda palatina.

Outro ponto importante é que as substâncias presentes no cigarro passam para o bebê através da placenta, podendo prejudicar o seu desenvolvimento pulmonar. Isso pode resultar em problemas respiratórios, como asma, bronquite e pneumonia, que podem persistir ao longo da vida da criança.

Portanto, é essencial que as gestantes evitem o tabagismo durante toda a gravidez. Parar de fumar é a melhor decisão para garantir a saúde da mãe e do bebê. Caso a gestante tenha dificuldades para abandonar o hábito, é importante buscar ajuda médica e apoio de profissionais especializados nesse assunto.