O Que é Cardiotocografia: Monitorando a Saúde Fetal

A cardiotocografia é um exame importante para monitorar a saúde do bebê durante a gestação. Ele é realizado por meio de um aparelho chamado cardiotocógrafo, que registra os batimentos cardíacos do feto e as contrações uterinas da mãe.

Esse exame é indolor e não invasivo, sendo realizado com o auxílio de sensores colocados na barriga da gestante. Ele pode ser feito a partir do segundo trimestre da gestação e é recomendado principalmente em casos de gravidez de alto risco, como hipertensão, diabetes gestacional ou atraso de crescimento fetal.

A cardiotocografia é importante porque permite avaliar se o bebê está recebendo oxigênio suficiente, através da análise dos batimentos cardíacos. Além disso, também é possível verificar se as contrações estão ocorrendo de forma adequada, o que é fundamental para o trabalho de parto.

Durante o exame, o cardiotocógrafo registra os batimentos cardíacos do feto e as contrações uterinas em um gráfico. Os profissionais de saúde analisam esse gráfico para identificar possíveis alterações e tomar as medidas necessárias para garantir a saúde do bebê.

Em casos de alterações nos batimentos cardíacos ou nas contrações, podem ser realizados outros exames complementares, como a ultrassonografia, para uma avaliação mais detalhada. Dependendo dos resultados, o médico pode indicar medidas como repouso, medicações ou até mesmo a antecipação do parto.

Portanto, a cardiotocografia é uma ferramenta importante para monitorar a saúde fetal durante a gestação. Com sua realização, é possível detectar precocemente possíveis problemas e tomar as medidas necessárias para garantir um parto seguro e saudável tanto para a mãe quanto para o bebê.