Como Evitar a Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI): Medidas Preventivas e Recomendações.

Uma das maiores preocupações de pais e cuidadores de bebês é a temida Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI), que como o próprio nome já denota, ocorre subitamente, acometendo inclusive bebês saudáveis.

Embora ainda não haja uma causa conhecida para essa síndrome, existem medidas preventivas que podem ser tomadas para reduzir o risco de SMSI.

O que é a Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI)

Na década de 1960, apesar das taxas de mortalidade infantil estarem diminuído em muitos países, os médicos começaram a observar que muitos bebês pareciam estar saudáveis e sem problemas médicos óbvios antes de morrerem subitamente durante o sono.

Foi quando eles identificaram a Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI). Uma morte repentina e inexplicável de um bebê com menos de um ano de idade. Infelizmente, ainda não se sabe exatamente o que a causa.

Como Prevenir a Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI)

Ao longo dos anos, foram feitas muitas pesquisas para entender melhor as causas da SMSI. Após muito estudo de caso e observações, os médicos identificaram algumas medidas preventivas.

São elas:

1 – Coloque o bebê para dormir de barriga para cima

Durante os estudos de casos, os médicos notaram que muitos dos bebês dormiam de bruços ou de lado, em vez de dormir de costas, e que havia uma associação entre a posição de sono e a SMSI.

A partir dessas observações, as autoridades de saúde solicitaram a recomendação de que os recém-nascidos fossem colocados para dormir de de barriga para cima, sendo considerada a posição mais segura, pois ajuda a evitar a obstrução das vias aéreas e reduz o risco de SMSI.

Atualmente, essa também é uma recomendação da American Academy of Pediatrics (AAP) para todos os bebês até o primeiro ano de vida.

2 – Opte por um colchão firme para seu bebê

Escolha um colchão de material firme e plano, sem nenhum tipo de inclinação e que não afunde facilmente com o peso do bebê.

Usar um colchão macio representa risco de sufocamento, pois pode permitir que o rosto do bebê afunde no colchão, obstruindo as vias aéreas, dificultando a respiração.

No mercado, você encontrará colchões produzidos em diversos materiais. O mais comuns incluem espuma de poliuretano, látex natural, fibras de coco e molas. Mas, independentemente do material escolhido, é importante escolher um colchão resistente e durável que atenda aos padrões de segurança para bebês e que seja certificado pelo INMETRO no Brasil.

Outro aspecto que deve ser observado é o tamanho e ajuste do colchão ao berço. O colchão não deve permitir que sejam criados espaços vazios entre ela e as laterais do berço, caso contrário, a cabeça ou o corpo do bebê pode ficar presa entre esse espaço, aumentado o risco de asfixia.

Leia Também: Melhores Colchões de Berço – Escolha com Sabedoria

3 – Escolha um berço seguro

Um berço seguro deve atender aos padrões de segurança:

Ser certificado pelo INMETRO;

  • Possuir grade lateral firme e segura, com espaçamento entre 4,5 e 6,5 centímetros.
  • Ter altura ajustável que permitia que o bebê seja colocado e retirado do berço facilmente, mas que também impeça que ele caia ou escale o berço.
  • Ter estabilidade, sem peças soltas ou quebradas que podem representar um risco de segurança.
Desconto HOJE: 13%Mais Vendido nº 1
Cosco Berço Co-Bed Pluggy Cinza Escuro
Cosco Berço Co-Bed Pluggy Cinza Escuro
Abertura lateral e tiras para acoplar à cama dos pais com segurança; Pode ser usado fechado em qualquer lugar da casa
Desconto HOJE: 16%Mais Vendido nº 2
Burigotto Berço Serenata, Cinza
Burigotto Berço Serenata, Cinza
Capota com mosquiteiro em arco com zíper; Travas de segurança nos quatro lados e no fundo do berço
Desconto HOJE: 25%Mais Vendido nº 3
Safety 1st Berço Portátil Mini Play Grey Denim
Safety 1st Berço Portátil Mini Play Grey Denim
2 Alturas Para Diversas Fases Da Criança; Inclui mosquiteiro fácil de instalar; Uso como berço ou cercado em qualquer lugar
Mais Vendido nº 4
Berço Mini Cama 100% MDF com Colchão Slim Tigus Baby
Berço Mini Cama 100% MDF com Colchão Slim Tigus Baby
Dimensões (AxLxP): 106 x 152 x 81 cm; Garantia: 03 meses; Material Principal: MDF
Mais Vendido nº 5
Safety 1st Berço Co-Bed Side By Side Grey
Safety 1st Berço Co-Bed Side By Side Grey
Cor do produto: Cinza; Nome do modelo: Berço Side By Side

* Links afiliados / Imagens API de publicidade da Amazon

4 – Nunca fume próximo ao bebê

O tabagismo é um dos fatores de risco para SMSI. Nunca fume perto do bebê, nem permita que outras pessoas o façam.

5 – Deixe o berço livre de objetos

Não deixe dentro do berço nenhum travesseiro, bicho de pelúcia, cobertores soltos ou qualquer outro objeto que possa favorecer ao sufocamento do bebê. Esses objetos pode acabar cobrindo o rosto do bebê, provocando asfixia.

Além de, os bebês são curiosos e podem arrancar botões, olhos ou outras peças e acabar engasgando.

6 – Cuide para que o bebê não sofra superaquecimento

Sempre mantenha o quarto do bebê fresco, confortável e com boa circulação de ar. Se possível, ajuste a temperatura entre 20 e 22 graus celsius.

Nunca use muitas camadas de roupas ou cubra o bebê com lençóis soltos. Opte por roupas leves e sempre cheque a temperatura do bebê. Para isso, nunca use o toque ao nariz ou nas mãos como referência, pois tendem a estar mais frios que o resto do corpo.

7 – Amamente o seu bebê com leite materno

O leite materno proporciona uma proteção contra infecções e doenças que podem aumentar o risco de SMSI. Por isso, amamente seu bebê e o deixe ainda mais protegido.

Leia Também: Amamentação sem Dor: Os Melhores Protetores de Mamilos para uma Experiência Confortável

8 – Monitore o bebê durante o sono:

Uma boa ideia é manter o bebê dormindo no mesmo quarto que os pais, principalmente no primeiros 6 meses de vida. Além de facilitar o monitoramento da respiração e reduzir o risco de SMSI, será mais confortável para os pais e o bebê se sentirá mais seguro emocionalmente.

Outro meio que esse monitoramento pode ser feito é através do uso de babás eletrônicas. A depender do modelo escolhido, além de imagens e sons, algumas babás eletrônicas podem medir a respiração da criança a distância.

Mais Vendido nº 1
Câmera Babá Eletrônica 1080p Full HD Wifi 360 Ip Visão Noturna Microfone Áudio...
Câmera Babá Eletrônica 1080p Full HD Wifi 360 Ip Visão Noturna Microfone Áudio…
PRODUTO DE DISTRIBUIÇÃO EXCLUSIVA TKLA; Monitoramento de bebês, crianças, pets, idosos e ambientes no geral.
Mais Vendido nº 3
Babá Eletrônica Wifi Câmera Sem Fio Visão Noturna Microfone
Babá Eletrônica Wifi Câmera Sem Fio Visão Noturna Microfone
Resolução: 1280×720 / 640×360 / 320×240; Sensor: 1/4 CMOS; Visibilidade noturna: 10 metros
Desconto HOJE: 12%Mais Vendido nº 4
Motorola Babá Eletrônica Vm483 Tela 2.8 Lcd C/Zoom Digital
Motorola Babá Eletrônica Vm483 Tela 2.8 Lcd C/Zoom Digital
Tela LCD colorida 2.8; Comunicação bidirecional; Canção de ninar pré-programadas e sons naturais suaves
Desconto HOJE: 57%Mais Vendido nº 5
Motorola Baba Eletronica Ease34, Motorola, Branco
Motorola Baba Eletronica Ease34, Motorola, Branco
Conectividade sem fio FHSS de 2, 4 Ghz para visualização em casa; Tela colorida gonal de 5 “com suporte de apoio

* Links afiliados / Imagens API de publicidade da Amazon

9 – Peça orientações ao pediatra

Cada criança é única e por isso, além de seguir as dicas aqui listadas, fale com o pediatra. Peça orientações de como proceder. Ele conhece seu filho, sabe tudo sobre suas condições física e de saúde e poderá te orientar de forma personalizada.

Curiosidades sobre fatalidades no SMSI

  • A SMSI é rara. E a taxa de mortalidade por SMSI vem diminuindo significativamente desde a década de 1990, quando as recomendações para dormir de barriga para cima foram implementadas;
  • Os bebês que morrem de SMSI parecem estar saudáveis e não apresentam sinais de sofrimento ou doença;
  • A SMSI não é causada por sufocamento, o que significa que não é o resultado de um objeto ou pessoa que está pressionando o rosto do bebê. Em vez disso, a SMSI é uma condição misteriosa que ainda não tem uma causa conhecida;
  • Embora a SMSI possa acometer bebês de qualquer idade, a maioria das mortes ocorre em bebês com menos de seis meses de vida;
  • A SMSI é mais comum em bebês do sexo masculino, bebês nascidos prematuramente, bebês de baixo peso ao nascer e bebês de mães que fumam durante a gravidez.

A Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI) pode até ser assustadora, mas tomando todas as medidas de prevenção, você manterá seu bebê a salvo e seguro.